You are currently viewing 4 dicas para produtores na retomada de eventos presenciais

4 dicas para produtores na retomada de eventos presenciais

Se tem um setor que foi fortemente atingido pela pandemia da COVID-19, esse setor foi o de eventos. É claro que muitos outros também sofreram bastante, mas devido ao distanciamento social necessário para conter a disseminação do vírus, todas as festas, celebrações, reuniões, feiras e congressos presenciais foram afetados.

Felizmente, aos poucos, e seguindo os protocolos de segurança recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a retomada dos eventos presenciais vem acontecendo.

Para te ajudar nesse momento, nós aqui da Squeeze Mania preparamos 4 dicas especialmente para os produtores nessa retomada de eventos. Acompanhe até o final!

1 – Tenha controle do limite de participantes

Algumas diretrizes de cada região regem a quantidade de participantes permitida em cada tipo de evento, logo, respeite essa regra e a leve em consideração na hora de determinar o limite de participantes.

Não tenha medo de barrar a entrada de pessoas caso o limite seja atingido. Tenha a responsabilidade de fazê-lo.

Uma solução para acolher mais pessoas e não depender somente do espaço físico é aproveitar as vantagens de um evento híbrido, ou seja, transmitindo o evento de forma on-line. Assim você mistura experiências presenciais com uma programação digital.

2 – Faça o credenciamento por reconhecimento facial

Aeroportos, prédios comerciais e lugares que contam com segurança máxima já utilizam o reconhecimento facial há um bom tempo, e nos tempos atuais, essa pode ser uma solução ágil e inovadora para a retomada dos eventos presenciais.

Um software é capaz de comparar a foto enviada pelo participante no cadastro feito de forma on-line com a fotografia tirada no momento do credenciamento presencial. Feito o reconhecimento facial, a entrada do participante é liberada. Tudo de forma rápida, prática e fácil.

Sugerimos que você seja transparente quanto à segurança de dados e à utilização das imagens captadas. Deixar um aviso relacionado impresso na entrada do evento pode ser uma solução.

3 – Garanta o distanciamento social

O distanciamento social é uma das principais medidas para evitar a disseminação do vírus, logo, ele precisa ser respeitado nessa retomada de eventos.

Caso o evento seja realizado em um espaço aberto, você pode delimitar espaços de segurança utilizando marcações no chão.

Em auditórios e teatros onde normalmente acontecem palestras, isole cadeiras próximas umas das outras de forma alternada.

A sinalização vai ser sua grande aliada nesse momento.

E claro, mesmo que esteja tudo devidamente sinalizado, é necessário que alguém da organização do evento fique monitorando o público para que tudo seja cumprido.

4 – Meça a temperatura dos participantes

Esse é mais um dos protocolos exigidos para a retomada de eventos presenciais.

Há no mercado diversos aparelhos de aferição de temperatura, como o termômetro infravermelho ou termômetro sem contato. Através da tecnologia infravermelha, eles detectam o calor da superfície da pele – conferem segurança, não oferecem riscos ao corpo dos participantes e a leitura é quase que em tempo real.

Outro método que pode ser utilizado para aferição de temperatura são as câmeras térmicas, que leem os raios infravermelhos e detectam temperaturas corporais que estejam elevadas.

 

Gostou das nossas dicas? Vai colocá-las em prática? Sugerimos que as coloque!

Temos também um presente para você: se você quiser ter mais controle do planejamento do seu evento, clique aqui e faça o download do nosso CHECKLIST PARA PRODUÇÃO DE EVENTOS.

Um dos grandes segredos de um bom evento é a sua gestão. Por isso, utilize essa planilha e tenha o acompanhamento de tudo que que está acontecendo no planejamento do seu evento.

Faça o download agora mesmo!